8 C
Cerro Grande do Sul
quinta-feira, maio 30, 2024

Primeira parcela de 2024 para beneficiários do Todo Jovem na Escola é paga nesta sexta (19)

No mês de março, os estudantes receberam o valor de auxílio matrícula

Nesta sexta-feira (19/4), os beneficiários do Programa Todo Jovem na Escola recebem a primeira parcela da bolsa-auxílio, disponível no Cartão Cidadão, que desde 12 de março passou a ter o nome do estudante. Emitido pelo Banrisul, o cartão está disponível nas agências do banco nos municípios em que os alunos residem – exceto no caso de Porto Alegre, onde a retirada ocorre na sede da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS).

A previsão é de que o governo do Estado realize um investimento de R$ 625,3 milhões no programa entre 2024 e 2026. O Todo Jovem na Escola foi estruturado pelo Gabinete de Projetos Especiais (GPE) e pelo Centro de Educação Baseada em Evidências (Cebe) da Secretaria da Educação (Seduc), sendo coordenado pelo vice-governador e pela pasta.

Como retirar

Os cartões podem ser retirados pelos próprios titulares que já são maiores de idade. Os menores precisarão estar acompanhados pelo responsável na agência. Para os moradores de Porto Alegre, especificamente, a retirada será feita na sede da FGTAS (Av. Borges de Medeiros, 521 – Centro Histórico).

No momento da retirada, basta que o titular apresente um documento de identificação com foto. No caso dos menores de 18 anos, a identificação deve ser tanto do estudante quanto do responsável legal registrado no Cadastro Único (CadÚnico).

A situação do cartão pode ser consultada no site da Seduc.

Aplicativo Escola RS

Foi desenvolvido um módulo específico aos beneficiários no aplicativo Escola RS. A iniciativa, realizada pelo Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs), objetivou atender à reformulação do programa Todo Jovem na Escola.

A nova funcionalidade disponibilizada por meio do aplicativo traz informações em linguagem apropriada para o público jovem, possibilitando que o aluno acompanhe sua situação nas quatro modalidades de auxílio financeiro disponibilizadas pelo programa. Além disso, os estudantes também terão acesso ao chatbot do WhatsApp para esclarecer dúvidas pelo aplicativo.

Há ainda a possibilidade de acompanhar o percentual de frequência escolar do aluno (um dos pré-requisitos para a participação no programa).

O Escola RS é gratuito e está disponível na PlayStore, sendo compatível com o sistema Android. Também é possível acessar nesta página.

Sobre o programa

Lançado no final de 2021 pelo governo do Estado para reduzir o impacto da pandemia na Rede Estadual e incentivar a conclusão do Ensino Médio, o Todo Jovem na Escola já beneficiou cerca de 160 mil estudantes e distribuiu quase 1,5 milhão de bolsas-auxílio no valor de R$ 150 mensais.

Com a reformulação em 2023, o Todo Jovem na Escola pretende se tornar a maior iniciativa de combate à evasão e ao abandono escolar em todo o país. O novo programa prevê a concessão de quatro incentivos aos estudantes: bolsa permanência, auxílio material escolar, poupança aprovação e prêmio engajamento. Os auxílios contemplarão alunos regularmente matriculados que tiverem pelo menos 75% de frequência e que estejam em situação de vulnerabilidade socioeconômica, pertencentes a famílias cadastradas no CadÚnico, com renda per capita de até R$ 660 mensais.

Todos os valores depositados pelo programa poderão ser movimentados utilizando o Cartão Cidadão Todo Jovem na Escola.

Texto: Bianca Garrido/Ascom Seduc
Edição: Camila Cargnelutti/Secom

PUBLICIDADE

RELACIONADAS