Na última quarta-feira (14), os profissionais, professores, diretores, equipes pedagógicas, merendeiras, serventes e zeladores foram recebidos pela administração municipal e equipe diretiva da SMEC, Saúde, Vigilâncias, Epidemiológica e Sanitária, Transportes, e Governança/RH para um encontro/acolhida para o retorno das aulas presenciais de forma híbrida, nesta próxima segunda-feira, 19 de julho.

Durante a manhã o encontro contou com a presença dos professores, equipes diretiva e pedagógica, na parte da tarde, merendeiras, serventes e zeladores. Prefeito e vice estiveram presentes para dar boas-vindas aos servidores, agradeceram e parabenizaram pelo trabalho, destacando o trabalho que tem sido desenvolvido durante à pandemia, reforçando o compromisso da Gestão com à Educação.

“Uma das prioridades do nosso Governo é investir fortemente na Educação e nós estamos fazendo isso, planejando, estruturando, melhorando e ainda temos muito para investir, porém, precisamos da ajuda de cada um de vocês e vamos cobrar os resultados. Nossas portas estão abertas para todos vocês, queremos diálogo e transparência nas ações para que todos sejam beneficiados com essas mudanças, pelo nosso município e pela educação de nossas crianças”, ressaltou o prefeito Renato Gonczoroski.

As equipes técnicas, Saúde e Vigilância Epidemiológica pautaram a situação da Pandemia no município, reforço nos protocolos mais eficazes, uso de máscara e lavagem de mãos, bem como as orientações mais específicas quanto aos sintomas. Adequações conforme Plano de Contingência, protocolos que devem ser cumpridos conforme a portaria conjunta entre Saúde e Educação – SES/SEDUC foram temas abordados pela Vigilância Sanitária, dentre todas as pautas, o destaque é para o trabalho que será realizado por todos os servidores municipais parte deste retorno às aulas, e da comunidade escolar.

Os professores e todos os servidores tiveram a oportunidade de debater, conversar, fazer solicitações e reivindicações, o que segundo algumas professoras que se manifestaram, “é preciso um olhar mais dedicado e atento às necessidades da Educação, principal ferramenta para formação/construção social e cidadã.”

Como irá funcionar o retorno às aulas de forma híbrida?

Atualmente a rede municipal possui 487 alunos matriculados na rede municipal de ensino, EMEF João Ziulkoski Filho (Centro), EMEF Ana Barok (Potreiro Grande) e EMEF D. Pedro II (Boqueirão) devem retornar às atividades escolares de forma híbrida – presencial, on-line, apostilas em casa, tira dúvidas.

Seguindo todos os preceitos do Planejamento elaborado pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde para a Educação (COE-E), levando em consideração dimensionamento e espaços disponíveis para trânsito dos alunos, serão 09 alunos por sala, 3 horas aula/dia, por turma, revezamento semanal, em ordem alfabética. Os alunos que possuem acesso à internet acompanharão as aulas ao vivo com os demais presentes na sala, os alunos que não tem acesso irão continuar recebendo as apostilas para fazer o conteúdo em casa.

Transporte Escolar

Por conta do número de alunos reduzido, distâncias percorridas (1500 km/dia) e número de linhas do município, algumas adaptações foram realizadas, pensando também no transporte dos alunos do Estado, que necessitam chegar ao centro para assistir às aulas.

Governança/RH

Trâmites burocráticos conforme a legislação, procedimentos que devem ser adotados pelos profissionais, formas de contratação, períodos e solicitações para demandas de contratos foram temas abordados pela servidora representante do setor.

Info: Ascom Prefeitura Municipal