22.1 C
Cerro Grande do Sul
terça-feira, fevereiro 27, 2024

Último foragido do assalto a banco em Amaral Ferrador é capturado

Na manhã desta sexta-feira (9), foi preso o último foragido do assalto a banco ocorrido em Amaral Ferrador na quarta-feira (7). Conhecido pelo apelido de “Meio Dedo”, o criminoso é suspeito de liderar o grupo e havia trocado tiros com a polícia na noite anterior, quando dois de seus comparsas foram detidos, conforme informações da Brigada Militar.

Os outros três envolvidos no assalto foram identificados como Leandro, Airam e Diogo.

As autoridades responsáveis pela operação anunciaram o encerramento das buscas, conforme declarou o Coronel Moresco em entrevista ao Portal de Encruzilhada. Mais informações serão divulgadas à medida que forem apuradas.

Cronologia do Assalto:

Na manhã de quarta-feira, os criminosos retiraram dinheiro do cofre do banco, fizeram reféns e dispararam armas de fogo. Um “cordão humano” foi formado na rua da agência bancária, e dois funcionários foram levados durante a fuga, mas posteriormente liberados em uma estrada rural.

O assalto teve início por volta das 10h e a fuga ocorreu por volta das 11h, em direção a Encruzilhada do Sul. Às 13h, todos os reféns foram libertados em segurança.

Durante a tarde, os assaltantes, em uma Ford EcoSport branca, foram confrontados por uma viatura da Brigada Militar e houve troca de tiros. Os quatro abandonaram o veículo, roubado no início de janeiro em Pantano Grande, e adentraram uma região de mata, armados.

No final da tarde de quinta-feira, um suspeito de envolvimento indireto no crime foi detido em Encruzilhada do Sul e liberado após depoimento. Na mesma data, o primeiro assaltante foi capturado na área onde as forças policiais realizavam o cerco, na divisa entre Encruzilhada do Sul e Amaral Ferrador.

Outros dois criminosos foram capturados por volta das 22h, com aproximadamente R$ 279 mil e armas apreendidas.

A operação envolveu a Brigada Militar, o Batalhão de Choque, o BOPE, o Batalhão de Aviação e o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil. Um helicóptero foi utilizado para sobrevoar a área onde os criminosos estavam escondidos.

O último foragido foi preso nesta sexta-feira e será encaminhado ao Presídio Estadual de Encruzilhada do Sul para interrogatório.

O Fenômeno do “Novo Cangaço”:

O “novo cangaço” é um termo utilizado para descrever a ação de quadrilhas fortemente armadas que realizam assaltos a bancos e empresas no interior do país, gerando pânico na população. O nome faz referência aos cangaceiros que atuavam no início do século 20, principalmente no nordeste brasileiro.

Amaral Ferrador, com cerca de 5 mil habitantes, já foi alvo de diversos ataques desse tipo, registrando pelo menos oito desde 2009, sendo o mais recente em 13 de maio de 2022.

PUBLICIDADE

RELACIONADAS