Confronto entre Polícia Federal e criminosos resulta em duas mulheres mortas em Cristal

Uma troca de tiros entre criminosos e a Polícia Federal, na noite desta terça-feira, em Cristal, resultou em duas mulheres mortas, além de uma criança e um homem gravemente feridos.

De acordo com informações preliminares a Polícia Federal montou uma operação para interceptar um bando que iria resgatar os assaltantes que explodiram um banco em Dom Feliciano, no último dia 06 de julho, e estariam foragidos em Cristal. A barreira policial foi montada na BR-116, próximo ao acesso para Amaral Ferrador, quando por volta das 23h30min quatro carros, com placas de Lajeado, tentaram furar o bloqueio e houve a troca de tiros.

A PF não revelou detalhes, contudo disse que os criminosos queriam passar a imagem de que estariam passeando com a família pra despistar a polícia, por isso mulheres e crianças estavam nos veículos.

Nas redes sociais e em entrevistas para a imprensa local e da grande Porto Alegre a prefeita de Cristal falou sobre a noite “surreal” e de pânico na cidade. Num primeiro momento ela pediu calma pra população e alertou para não saírem de casa durante a noite.

Já no amanhecer desta quarta-feira (17) ela informou que apesar do grande susto dos cristalenses a cidade segue sua rotina normal. “Vamos seguir a vida com normalidade”. Escreveu ainda no Facebook: “Não dormi ainda… e foi uma noite confusa e preocupante… troca de tiros na nossa zona Urbana […] por favor vamos iniciar o dia com calma…”

A prefeita informou ainda que a criança foi ferida com três disparos e teve de ser encaminhada para p serviço de alta complexidade com risco seríssimo de vida.

Dois carros conseguiram escapar do cerco e a PF continua as buscas, mas ainda sem confirmação do paradeiro dos criminosos.

As duas mulheres mortas foram identificadas como Aline Schmidt Pirola, de 25 anos, e Daniela Weisemann, de 35 anos.

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: