Inverno começa ameno e estação deve ser de pouco frio em 2019

Assim como o verão deste ano, o inverno que inicia oficialmente nesta sexta-feira, 21 de junho, às 12h54, também sofrerá o efeito do El Niño e por isso o período de frio intenso deve ser curto em 2019.

O El Niño deve dificultar a entrada do ar frio de origem polar no país e as ondas de frios serão desviadas para o oceano. Com isso o que vai predominar é a sensação de outono, com tardes relativamente quentes e noites amenas, eventualmente frias no Sul, no Sudeste e em parte do Centro-Oeste.

Será no mês de julho que vai ocorrer a maior sequência de período frio, no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, cerca de sete dias ininterruptos, quando a chance de formações de geadas serão maiores, devido a passagem de frentes frias por estes estados.

O mês de agosto será de pouco frio quando as tardes já devem ser bem aquecidas e as noites e manhãs um pouco mais frias.

O inverno começa úmido na maior parte da Região Sul. A existência do El Niño, mesmo que fraco, contribui para ocorrência de áreas de instabilidade frequentes no mês de julho. As condições para chuva diminuem em agosto e a chuva será menos frequente. Este mês deve terminar com chuva abaixo da média. Em setembro, a chuva retorna sobre o Sul e voltam os temporais nos três estados.

Com informações de climatempo

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: