IBGE abre vagas para trabalhar no Censo Demográfico 2020

Na região, as vagas são em Tapes e Camaquã.

O IBGE lançou dia 25/09/2019 novo edital para o Censo Demográfico 2020 com 1.343 vagas para coordenador censitário subárea (CCS) e outras 1.315 para agente censitário operacional (ACO), distribuídas por 1.031 municípios de todos os estados. Ambas as funções exigem nível médio completo.

No RS são 100 vagas para CCS e mais 50 para ACO em Porto Alegre. Em nossa região: 01 Vaga para Tapes, que terá como região de atuação os municípios Barra do Ribeiro, Cerro Grande do Sul, Mariana Pimentel, Sentinela do Sul e Tapes e 01 vaga para Camaquã, que compreende os municípios de Amaral Ferrador, Arambaré, Camaquã, Chuvisca, Cristal e Dom Feliciano. ( Barão do Triunfo se inclui na vaga de São Jerônimo).

As inscrições estão abertas até 15 de outubro de 2019 e serão feitas pelo site da Fundação Getúlio Vargas, banca organizadora do processo seletivo.

As provas estão previstas para 8 de dezembro e serão realizadas em todos os municípios onde há vagas. As remunerações mensais serão de R$ 3.100 para coordenador censitário subárea e de R$ 1.700 para agente censitário operacional. Além disso, os candidatos a coordenador censitário subárea devem ter carteira nacional de habilitação definitiva ou provisória, dentro do prazo de validade, no mínimo para categoria B.

Responsabilidades das duas funções:

O coordenador censitário subárea (CCS) exerce uma atividade de natureza técnica em um conjunto de municípios, por isso ele precisa ter carteira de habilitação para o deslocamento”.

Já o agente censitário operacional (ACO) desempenha a função de suporte administrativo e de informática para as equipes das unidades estaduais”.

A jornada de trabalho para ambos os cargos será de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Os contratados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, além de férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação que regulamenta este tipo de contratação.

O período máximo da contratação é de 12 meses, podendo ser prorrogado de acordo com a Lei nº 8.745/93. Os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por igual período, de acordo com a necessidade do trabalho e/ou disponibilidade de recursos orçamentários. O desempenho dos contratados será avaliado mensalmente.

O pagamento da taxa de inscrição para as duas funções deverá ser feito até 1º de novembro, sendo de R$ 58 para coordenador censitário subárea e de R$ 42,50 para agente censitário operacional.

O candidato somente poderá efetuar o pagamento da taxa de inscrição por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU Simples), que estará disponível no site da FGV. A GRU deverá ser paga em espécie em qualquer agência do Banco do Brasil, ou via internet banking do mesmo banco, sendo de inteira responsabilidade do candidato a impressão e guarda do comprovante de inscrição.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios