O governo do Estado confirmou a realização da 44ª edição da Expointer de 2021 entre os dias 4 e 12 de setembro.

Nesta terça-feira (6), foi divulgado o limite presencial de visitantes a circular diariamente pelo parque, será autorizada a entrada de 15 mil pagantes. Se somados os nove dias da exposição, o público máximo pode chegar a 135 mil. E aproximadamente um terço do verificado na edição de 2019. Essas e outras definições dos protocolos a serem seguidos vêm da indicação feita por técnicos da Secretaria Estadual da Saúde.

Também não haverá o espaço destinado ao parque de diversões, e os shows culturais serão realizados de forma virtual.

O valor dos ingressos não sofreu reajustes em relação à feira de 2019, a última presencial. Os bilhetes serão vendidos a R$ 13 e R$ 6 (estudantes e idosos). O estacionamento custará R$ 32 por veículo. Os portões do parque serão abertos às 8h e fechados às 18h diariamente.

O subsecretário do parque, Gabriel Fogaça, explica que, no momento da compra do bilhete, o visitante terá que responder a um formulário obrigatório e declaratório, informando suas condições sintomáticas de saúde e se comprometendo a cumprir todos os protocolos de saúde previamente determinados durante a sua permanência no parque Assis Brasil.

Regras básicas como usar máscara e evitar aglomerações, mesmo em ao ar livre, são obrigatórias no evento. O controle do fluxo de pessoas e o cuidando para evitar aglomerações nas casas existentes dentro do parque ficará sob competência de quem for responsável pelos espaços. O subsecretário informa que devem ser contratados de cem a 150 instrutores para circular pelo parque, dando orientações.