29ª Delegacia Regional divulga cartilha com dicas para prevenir golpes na internet

Diante do aumento de casos de golpes praticados via internet a 29ª Delegacia de Polícia Regional do Interior, com sede em Camaquã, divulgou um cartilha que detalha os principais crimes cometidos via internet com dicas da polícia para não ser engando pelos golpistas.

O documento com 18 páginas foi lançado oficialmente no mês de junho e está disponível para download neste link (Golpes_internet).

Quinze dos principais golpes que mais vitimam gaúchos hoje na internet têm seu modus operandi esmiuçado pela cartilha que também traz dicas para não cair no conto do vigário. Entre os golpes, estão os do “bilhete premiado” e do “auxílio emergencial”, além da “clonagem do WhatsApp”. Especificamente nesse caso, pessoas que informam o número de contato do WhatsApp em sites de vendas, por exemplo, abrem margem para que golpistas, se passando por funcionários do site, entrem em contato.

O falso colaborador informa que para o anúncio ser validado, ele necessita de um código que chegará via SMS (mensagem de texto). Nesse instante, o criminoso tenta logar no WhatsApp com o número da outra pessoa, o que faz com que o aplicativo envie para a vítima uma mensagem com um código de verificação. Erroneamente, quando esse número – que é o código de segurança do aplicativo – chega no celular da vítima, ela o passa para o criminoso, tornando possível ao fraudador concluir a clonagem do número.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: