Um morador de Camaquã anunciou a venda um celular e uma tv em diversas páginas de venda da rede social Facebook, e foi chamado por um perfil que se identificou como sendo uma mulher.

Ele negociou o celular e a tv com o comprador pelo valor de R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais). A compradora disse então que o namorado dela iria até à casa do vendedor, entregaria o dinheiro e levaria o celular e a tv.

Conforme descrição da vítima, o rapaz que foi até a sua residência, disse que morava na Vila Viégas (não disse o endereço exato) é moreno claro, aproximadamente 1,72m de altura, aparentando pouco menos de 30 anos de idade, compleição normal, usava bigode e cavanhaque (estava sem máscara de proteção).

Depois de receber o valor acertado pelos produtos, a vítima desconfiou das notas de cem reais que recebeu e foi até uma farmácia local onde funcionários identificaram através de teste rápido com caneta especial que aparentemente as notas não condiziam com notas verdadeiras. As notas possuem inconsistência de ausência da palavra “100 reais” no “fio de segurança”.

Após descobrir que caiu num golpe a vítima resolveu apresentar as cédulas para serem arrecadadas pela Polícia para investigar o caso.

*Imagem ilustrativa