Uma idosa procurou a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de  Camaquã para registrar que vem sofrendo prejuízo financeiro mediante meio fraudulento.

Segundo a vítima ela foi sacar o seu benefício da aposentadoria no Banco Banrisul e verificou que estava faltando cerca de R$ 44,00 reais em sua conta. Diante disso, entrando em contato telefônico com o INSS através do número 135, a idosa foi informada que havia um empréstimo consignado em nome dela através do Banco Pan. Além disso, foi informado também que houve uma alteração do cadastro “Meu INSS” da comunicante (alteraram a senha e o e-mail do seu cadastro), o que impede o acesso aos seus dados junto ao site.

Por fim, o funcionário do INSS orientou a vítima a realizar denúncia no site do consumidor, além de se direcionar pessoalmente a uma das agências físicas do INSS para retificação do cadastro e fornecimento de uma nova senha. Porém, como o atendimento presencial do INSS está suspenso em razão da pandemia do Coronavírus, a vítima está impossibilitada de reaver o seu cadastro. A idosa reafirmou a polícia que em nenhum momento efetuou tal empréstimo consignado, muito menos possui conta no Banco Pan.