Atendendo uma solicitação dos fiscais da prefeitura municipal, na noite deste domingo, 06 de setembro, a Brigada Militar de Camaquã se deslocou com uma guarnição até um posto de combustíveis às margens da BR-116 para verificar uma situação de possível aglomeração de pessoas, que está proibida por determinação de segurança contra o coronavírus.

Os policiais contam que chegaram local indicado por volta das 23 horas quando perceberam que um dos suspeitos realizava manobras com um automóvel Fiat Pálio pelo pátio do posto e no momento seguinte quando parou, foi realizada a abordagem do indivíduo.

Neste momento o condutor e um segundo suspeito teriam desacatado os policiais com xingamentos, desobediência e se negavam a se identificarem. A situação chegou a gerar um pequeno tumulto no local e os policiais tiveram dificuldades para deter a dupla. O condutor do carro se negou a passar pelo teste do bafômetro. A Brigada Militar averiguou ainda que o veículo que os suspeitos tripulavam estava com imposto vencido, por isso foi recolhido administrativamente.

Na sequência os dois homens foram apresentados na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Camaquã, onde foram então identificados e realizados os procedimentos legais.