Durante ação de rotina, no sábado (25), a Brigada Militar de Mariana Pimentel abordou um indivíduo que tripulava uma motocicleta oriunda de leilão, a qual estava com placa de outra moto.

Segundo os policiais que compunham a guarnição, além da infração de adulteração ou remarcação do sinal identificador do veículo (placa) que configura crime com pena de 3 a 6 anos de reclusão e multa, no ato da abordagem o condutor foi desrespeitoso e acabou sendo preso também por desacato e resistência.

O fato foi registrado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Camaquã (DPPA).

Atualizada às 13h40min de 28/07/2020