Corpo de rapaz acusado de matar tapense é encontrado no rio Guaíba

Richard Adriano é acusado de ter matado sua ex-namorada Jennifer Graboski

Foi encontrado no último domingo, dia 28 de junho, no rio Guaíba, o corpo de Richard Adriano de Oliveira Silveira, autor das facadas que mataram a motorista de aplicativo Jennifer Kubiaki Graboski, de 25 anos, natural de Tapes/RS.

A informação de que o cadáver encontrado boiando nas águas do rio Guaíba, em Porto Alegre, era de Richard foi dada pela Polícia Civil após a confirmação do resultado de exame papiloscópico. Um homem que trabalhava numa embarcação visualizou o cadáver boiando e acionou a polícia.

Jennifer foi morta no dia 23 de junho, quando trabalhava como motorista de um aplicativo de transportes. Segundo a Polícia Civil, a mulher deixava um passageiro num posto de combustíveis, no bairro Laranjeiras, em Guaíba, no momento em que Richard chegou de moto e entrou no carro para efetuar o crime. Atingida na região do tórax, a jovem morreu no local.

Após atingir a jovem com ao menos 10 facadas, Richard ainda teria desferido golpes de faca contra ele mesmo, antes de fugir de moto na BR-290. O veículo foi encontrado próximo ao vão móvel da Ponte do Guaíba.

Jennifer já havia registrado na Polícia Civil um pedido de medidas protetivas. A jovem tapense deixou uma filha de três anos.

Fotos: Redes Sociais

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: