A Polícia Civil através da Decrab Camaquã identificou um descarte ilegal de embalagens de defensivos agrícolas, os quais foram jogados às margens da RS 350, no município de Arambaré.

Após receber denúncia anônima a Decrab Camaquã constatou que várias embalagens vazias de defensivos agrícolas, utilizados em lavouras de cultivo de arroz e soja, haviam sido descartadas as margens da RS 350, próximo a um açude e a um pequeno curso de água. Foram apreendidas 26 embalagens plásticas, tipo bombonas, dos produtos Batle, Grap-SuperOil, AgefixE8, Transbod R, Galil SC, Orkestra SC, Talisman e Aproach Prima, produtos que se enquadram como Fungicidas, Herbicidas e Inseticidas.

Através dos lotes constantes nas embalagens, a Decrab terá condições de averiguar com as fábricas, quem foram os revendedores destes produtos e chegar à identificação dos produtores rurais que os adquiriram, identificando assim o responsável pelo descarte, que será indiciado por crime contra o meio ambiente.

A legislação atual determina que as embalagens de tais produtos, em virtude de serem altamente tóxicas, devem ser recolhidas, ou seja, o consumidor final deve devolver para a empresa de quem adquiriu e esta, tem obrigação de receber e dar o descarte correto destas embalagens.