Uma das demandas mais evidentes das prefeituras municipais da região é a manutenção das estradas, considerando a importância destas para o deslocamento das pessoas e o transporte de produção local, somado ao fato que predominam acessos de terra, sem pavimentação, em uma geografia acidentadas e com uma variedade distinta de tipos de solos, de arenosos a argilosos.

O tempo seco que predominou durante o mês de janeiro colaborou com os prefeitos, porém a chuva dos últimos dias já mudou essa realidade e os problemas começaram aparecer.

Em Sentinela do Sul a manutenção tem sido realizada periodicamente, contudo o patrolamento de alguns trechos de terra vermelha combinado com a chuva e sem a aplicação de saibro, fabricam verdadeiras armadilhas aos motoristas, sobretudo aos que não estão tão habituados a transitar pelas vias locais. Foi isso que ocorreu na manhã desta quarta-feira (27) com o condutor de um caminhão tanque de uma empresa de combustíveis, na localidade de Alto de Dores. O barro que se formou na estrada pegou o motorista de surpresa que perdeu o controle da direção e atolou o veículo na sarjeta.

Já em Cerro Grande do Sul, desde o início do ano, as máquinas não saem do pátio da secretaria municipal de obras, conforme determinou o prefeito Gringo, que garante que as mesmas não têm condições de uso e que precisam de reformas urgente e fundamentais. Ele também afirma que existem problemas de ordem burocrática e jurídica que o impedem de colocar as máquinas novas no trecho e que estas questões estão sendo investigadas. A previsão é que os serviços iniciem somente no final de fevereiro, segundo o administrador.

Enquanto isso os moradores do município utilizam as redes sociais para externar seu descontentamento com a situação. Com a falta de manutenção já existe o acúmulo de valas e buracos nos mais diversos trechos das estradas e na manhã desta quarta-feira (26), vídeos na rede mostravam trechos com grande volume de barro.

Veja detalhes da notícia na edição impressa do Jornal Regional desta semana já à disposição na loja do Regional e nas bancas da região.