O Sport venceu a partida por 2 a 1 nesta quinta-feira (17); jogo marcou a reestreia de Douglas Costa pelo time gaúcho

Grêmio segue sem pontuar no Campeonato Brasileiro. Pela quarta rodada da competição, a equipe do técnico Tiago Nunes foi novamente derrotada, dessa vez para o Sport, na Ilha do Retiro por 2 a 1. A partida desta quarta-feira ainda marcou a reestreia de Douglas Costa pelo time gaúcho. O meia-atacante, que saiu no banco no segundo tempo, pouco apresentou.

O único tento do confronto foi marcado ainda na primeira etapa. Aos 33 minutos, Sander cobrou falta e contou com um desvio na barreira para superar o Paulo Victor.

Com o resultado, o Sport conquistou sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro e pulou para a 11ª colocação, com quatro pontos. O Tricolor, por outro lado, continua na lanterna da competição, mas tendo disputado apenas três jogos.

Os dois times voltam a campo no domingo. Às 16 horas (de Brasília), o Grêmio visita o Cuiabá na Arena Pantanal. Já às 20h30, o Sport enfrenta o Juventude no Alfredo Jaconi.

O Sport abriu o placar na última grande oportunidade da primeira etapa. Aos 33 minutos, Sander cobrou falta pela direita, a bola desviou levemente na barreira e enganou Paulo Victor.

No começo do segundo tempo, o Grêmio chegou duas vezes com perigo ao ataque. O goleiro Maílson foi o grande responsável por não deixar os visitantes marcarem, fazendo boas intervenções. Primeiro salvou cobrança de falta forte de Diego Souza no canto. Depois, defendeu chute colocado de Matheus Henrique.

Acontece que a pressão inicial gremista não se repetiu no restante da etapa complementar. O Tricolor tinha a bola no campo de ataque, mas não era capaz de superar a forte marcação adversária. Já o Sport apostou nos contra-ataques, mas também criou pouco. A melhor tentativa rubro-negra foi em chute de longe de André, que tirou tinta do travessão, já aos 39 minutos.

Já Douglas Costa, que reestreou pelo Grêmio, pouco apresentou. O meia-atacante mostrou falta de ritmo e não conseguiu levar muito perigo. Nos acréscimos, o camisa 10 até finalizou de dentro da área após receber de Rafinha, mas parou em Maílson.