Pai e filha são indiciados por associação criminosa armada em Tapes

Dupla é suspeita de envolvimento com quadrilha que utiliza vestuário da Polícia Civil durante crimes

Recentemente, a Delegacia de Polícia de Tapes instaurou um Inquérito Policial com o objetivo de identificar membros de uma quadrilha após inúmeros assassinatos ocorridos na cidade e região devido a disputa pelo tráfico de drogas. Ao realizarem as ações criminosas, os indivíduos utilizavam camisas e máscaras de identificação da Polícia Civil.

Durante as investigações, os agentes de segurança tomaram conhecimento sobre uma empresa que confeccionou ao menos 15 unidades de camisas e 15 máscaras da Polícia Civil do estado. Uma mulher, suspeita de ter realizado as encomendas no mínimo três vezes, foi identificada. Indícios apontam que a mulher seja a responsável por repassar o vestuário aos integrantes da facção.

Demais informações apontam que a mulher em questão é filha de outro investigado. O pai da suspeita foi alvo de uma operação de busca e apreensão. Na ocasião, foram encontrados vídeos do homem manuseando duas pistolas, além de dezenas de munições. O homem também está sendo investigado por outros crimes, onde é suspeito de auxiliar grupo que assassinou rivais no município de Tapes.

No decorrer da apuração, os policiais encontraram mensagens de outros criminosos ordenando que os subordinados executassem os rivais. Nos recados, os indivíduos eram instruídos a se vestirem como policiais.

Segundo o delegado responsável, Luciano Rodrigues, da comarca de Tapes, os investigados, que são pai e filha, foram indiciados por associação criminosa armada. Os acusados podem receber pena entre 3 e 6 anos, visto que o crime praticado é considerado hediondo.

Rodrigues mencionou que uma atenção especial foi dada a este caso. Justifica-se que, uma vez que os criminosos estão fazendo uso de uniformes policiais, os agentes de segurança ficam em maior risco ao participarem de operações.

O Inquérito foi remetido para análise do Ministério Público e do Poder Judiciário. Os indiciados responderão em liberdade.

POLÍCIA

Mulher foi presa transportando crack junto com a filha de 12 anos

Na noite desta sexta-feira, 24, a Polícia Rodoviária Federal prendeu três pessoas que transportavam uma carga de crack escondida em uma mochila. A ação...

Homem é morto com paulada na cabeça em Camaquã

Mais um caso contribuiu para o aumento nos índices de criminalidade do município de Camaquã, na madrugada deste sábado (25). Um homem de 40 anos...

Polícia Civil prende seis pessoas durante operação em Camaquã

Na tarde desta quarta-feira (23), uma megaoperação contra os crimes de organização criminosa, tráfico de drogas e homicídio foi realizada no bairro Bom Sucesso,...