O Partido dos Trabalhadores confirmou o nome do deputado estadual Edegar Pretto como pré-candidato a governador do Rio Grande do Sul nas eleições de 2022. A confirmação ocorreu nesta segunda-feira (13), em Porto Alegre, durante o lançamento do movimento ‘Rio Grande e presente. Para toda a sua gente’, com participação dos ex-governadores Olívio Dutra e Tarso Genro, senador Paulo Paim e deputados e deputadas das bancadas estadual e federal do partido.

Líderes do PT afirmam que a solidificação da pré-candidatura de Pretto começou há alguns meses, e foi chancelada por parlamentares, dirigentes, militantes e apoiadores após debates presenciais e virtuais, realizados a partir de junho deste ano em 27 regionais do PT em todo o estado. Consideram que o deputado foi definido como nome que sintetiza a renovação do partido, por sua capacidade de diálogo, liderança política e compromissos com a base social. Entendem ainda que se confirma o projeto como alternativa viável aos campos democráticos que estarão mais próximos do ex-presidente Lula no RS.

Edegar Pretto tem 50 anos e nasceu em Miraguaí, na Região Celeiro. É formado em Gestão Pública e tem suas origens na agricultura familiar. Filho de Adão Pretto, deputado federal falecido em 2009, Edegar está em seu terceiro mandato como deputado estadual. Foi o mais votado do partido nas três eleições em que participou, e líder da bancada petista no governo Tarso. Em 2017 foi presidente da Assembleia Legislativa.

Já a partir desta semana, Pretto intensifica a participação presencial em agendas pelo estado, começando pela Região Metropolitana de Porto Alegre e depois segue para roteiros em municípios do interior.

“Esse movimento que criamos foi para construir esse Rio Grande presente. Mas tudo isso pelo caminho do diálogo, sem ódio e revanchismo. Vamos conversar com quem estiver disposto a fortalecer o nosso projeto. Eu comecei muito cedo a minha caminhada, conheço o Rio Grande de ponta a ponta, e neste espírito coletivo, com o legado dos que vieram antes de nós, vamos caminhar para um futuro melhor”, resume Pretto.

Fonte: Ascom Dep. Edegar Pretto