O garoto David Gabriel Boeira Cardoso, de 15 anos, e seu cachorro de estimação foram encontrados mortos na tarde desta sexta-feira, 18 de janeiro, em um açude, na propriedade da família, na localidade de Bonito, interior de Camaquã.

David saiu de casa na terça-feira (15) em companhia do cão e não foi mais visto. Os indícios levam a crer que ele foi se banhar no açude que é fundo e rodeado de uma vegetação alta e densa.

A mãe disse à polícia que acreditava que o adolescente teria ido visitar o pai que mora em Camaquã, já que o casal é separado.

Nesta sexta (18) o padrasto do garoto que andava pela propriedade tratando os animais avistou o corpo do garoto e do cachorro boiando nas águas do açude.

De acordo com a polícia o corpo já apresentava sinais de decomposição e não possuía marcas de violência. O cachorro estava preso a uma corda pela qual o garoto o conduzia quando saiu de casa.

O corpo foi encaminhado para necropsia e o caso segue investigado pela polícia que trabalha com a hipótese de afogamento.