Sentinela do Sul segue livre de coronavírus

Secretário da Saúde se preocupa com o excesso de circulação de pessoas na cidade

Na mesma linha dos municípios vizinhos e de acordo com as orientações do Ministério da Saúde a administração municipal de Sentinela do Sul tem adotado medidas de prevenção contra a Covid-19.

“Estamos tentando ao máximo conter a circulação de pessoas na cidade pra evitar aglomerações e possíveis contágios pelo coronavírus. Não queremos deixar este novo vírus chegar em nosso município, por isso restringimos o funcionamento do comércio via decreto e estamos orientando as pessoas que fiquem em casa”, explicou o vice-prefeito Paulo Coutinho, que responde pela secretaria municipal de Saúde.

Contudo o gestor não está satisfeito com a adesão da população às orientações de isolamento social e considera que a circulação de pessoas pelas ruas e espaços públicos ainda está acima do satisfatório para que haja uma prevenção efetiva.

O vice-prefeito disse que está sendo utilizado o serviço de carros de som com alertas à população e que as ações contam também com o apoio da Brigada Militar que age para dispersar possíveis grupos de pessoas, mas que o controle é difícil.

A vacinação no município

Desde a segunda-feira (23) equipes estão visitando os domicílios das pessoas do grupo prioritário para aplicar a vacina contra a gripe, contribuindo com isto que as pessoas permaneçam em casa e evitem contato físico com outras pessoas na rua. Ao todo são quatro equipes, sendo três atuando no interior e uma na sede municipal.

“Recebemos duas mil doses de vacina e já atingimos cerca de 95% da meta estipulada pelo Ministério da Saúde, no que se refere aos grupos prioritários. Acreditamos que ainda esta semana atingiremos 99% excetuando-se os que se recusam a receber a vacina, porém estamos visitando a todos”, garantiu o vice-prefeito.

Adaptação da estrutura

Em frente a Unidade Básica de Saúde foi montada uma estrutura com duas tendas distintas para atendimento de pacientes do lado de fora da unidade, de modo a evitar aglomeração. Em uma das tendas são atendidas as pessoas que buscam por vacinas e a outra é reservada para o atendimento a possíveis casos suspeitos de coronavírus que possam ocorrer ao longo do período da pandemia.

De todo modo a vigilância em saúde orienta que se alguém apresentar os sintomas da Covid-19, não é aconselhado que se dirija a UBS, mas deve primeiro entrar em contato com a equipe que está trabalhando 24 horas para atender a todos pelo telefone 51 99996.9536. Os profissionais farão a triagem e irão até a casa do paciente para atendê-lo e avaliar o caso, definindo se será necessárias medidas como o isolamento, a internação ou a coleta de material para exame.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: