Passado o prazo para realização de convenções partidárias 14 candidatos confirmaram que vão disputar a Presidência da República, configurando o maior número de postulantes ao cargo desde 1989.
Contudo este número ainda pode sofrer alteração visto que a partir de agora, as legendas deverão registrar as candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com prazo para isto até o dia 15 de agosto, às 19 horas. Depois disso poderão haver impugnações, desde que fundamentadas e com argumentação jurídica que gere a inelegibilidade do candidato.
A campanha eleitoral propriamente dita, com utilização de carros de som, internet, sistemas de som ou comícios será permitida após o dia 16 de agosto.
O primeiro turno das eleições está marcado para o dia 7 de outubro, e o segundo, para 28 de outubro.

Veja a lista por ordem alfabética:
Alvaro Dias (Podemos)
Cabo Daciolo (Patriotas)
Ciro Gomes (PDT)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Guilherme Boulos (PSol)
Henrique Meirelles (MDB)
Jair Bolsonaro (PSL)
João Amoedo (Novo)
João Goulart Filho (PPL)
José Maria Eymael (DC)
Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
Manuela D’Ávila (PCdoB)
Marina Silva (Rede)
Vera Lúcia (PSTU)